Lagoa Azul

E de repente, depois de uma curva e escondida pela vegetação, num lugar que só os locais conhecem, consegue avistar lá abaixo uma Lagoa, onde o oceano decidiu brincar com diferentes tons de azul. Há falcões que vivem por ali e gostam de sobrevoar as águas à procura de peixe. Vai ver que eles também gostam de aparecer nas suas fotografias, porque muitas vezes abrem as asas e cruzam o horizonte exatamente no momento em que disparar a câmara fotográfica.

A descida até à praia da Lagoa é rápida. Num instante já estará junto ao mar e a calma invadi-lo-á. É um lugar silencioso, onde um Micondó (embondeiro) gigante se inclina para a água, como se quisesse ir nadar. Não há areia, antes pedras roladas e escuras – mas nada que impeça uns bons mergulhos e braçadas.

Alguns pescadores estacionam aqui as suas canoas e pode aproveitar a deixa para mais algumas fotografias. Se quiser, pode até levar uma cesta de pic-nic, escolher uma sombra e esquecer o relógio.

[A Lagoa Azul faz parte do Tour ao Norte da Ilha]

micondó

Reservas